Mostrando postagens com marcador morte. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador morte. Mostrar todas as postagens

domingo, 17 de março de 2013

E quem tem sede, vinde a mim...








Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. 
João 4:10


Jesus foi até um poço e mandou os discípulos buscarem alimentos nas redondezas. Há algo interessante quando lemos esta palavra, porque Cristo é a fonte de água viva e estava em frente a um poço, esperando a mulher samaritana chegar. A vida foi ao encontro de quem ansiava mitigar a sede física.

Conversando uma vez com meu amigo, pregador do evangelho Ismael de Jesus, o mesmo comentou comigo que "nenhuma mulher buscava água naquele horário do dia, quer por ser a hora em que o sol mais castiga, quer por não ser um horário usual naquela sociedade. O comum era se buscar pela manhã ou pela tardinha. Porém aquela mulher necessitava ir até o poço e espiritualmente falando, o ser humano atravessa ocasiões que necessita saciar a carência espiritual dentro de si. Por vezes com uma fuga. Foge como Jonas, da presença de Deus e termina no ventre de um grande peixe. É engolido por um grande problema, em que a resposta está somente em Deus.

O ser humano busca um ponto de fuga sempre que a chapa esquenta. Alguns pegam leve - recorrem a autoajuda, a psicologia, a terapia grupal. Porém mesmo que amenizem a dor, tais instrumentos não podem curar as feridas internas no homem. Somente Deus tem o poder de resolver a trama interna no homem, trazendo-lhe paz.

Jesus como a fonte de água viva - aquele que traz vida em meio ao deserto da alma, onde a secura predomina, onde o homem chora no canto da parede escura que em si reside, discutindo consigo mesmo que as coisas não vão bem e precisa fugir daquilo, abandonar, jogar para cima, correr desesperado pela avenida da vida sem preocupar-se que mais adiante pode ser atropelado por um problema maior ainda, pois a fuga nada mais é que um adiamento ineficaz mediante a necessidade de resolução completa... a fonte de água viva está indo ao seu encontro.

O homem tem duas opções. Pode escolher o poço ou a fonte de águas vivas.

Se escolher o poço, voltará a ter sede. Se escolher a promiscuidade, os carnavais, as bebedeiras no final de semana, voltará a ter sede. A vontade voltará, de saciar sua sede com o que passa e jamais pode preencher o espaço vazio que apenas Cristo tem o poder de adentrar e ser mais que suficiente. Pode escolher as amizades, um emprego melhor, o dinheiro, escolhas mil, em que encontrará apenas bolotas de porcos. 

Quando Cristo mencionou a parábola da ovelha perdida- em que Rembrandt imortalizou sob o quadro "Filho pródigo"; em certo tempo na narrativa expôs o que aquele homem desejou comer - a comida do porco. O homem como imagem e semelhança de Deus, quando afasta-se de sua vontade, tende a ter como tutor o adversário de nossas almas. Este que age diferentemente do bom pastor, que leva-nos a descansar em abundância (Sl.23:2), encaminha o homem sempre para o pior. Para a escassez do nutriente que torna o homem sadio espiritualmente. Vejam quantas pessoas vazias espiritualmente, sedentas de Deus, caminham errantes pela vida, sem um propósito, buscando em poços - na vida pregressa, nos prazeres carnais, em várias situações, preencher as vidas com um pouco de Deus, sem realmente encontrá-lo...

E podes escolher a fonte. O mais interessante, claro. A fonte faz você refletir. Cristo pediu a água daquele poço em uma forma simples de dizer com a célebre frase - "Dai-me de beber..." o que podemos entender - "entregue a mim sua ansiedade, sua expectativa espiritual". A mulher perguntou - "Como pedes a mim que sou uma mulher samaritana?" - em que podemos entender como - "Ora, você é judeu, os mesmos odeiam os samaritanos. Como me pedes para entregar a ti meu anseio pelo algo mais, afim de mudar minha vida?" e Jesus respondeu - "Mulher, se soubesses quem te pede me darias, e te daria água viva"! - em que entendemos - "Se você me entregasse a sua vida, transformaria. Se me entregasse sua sede em que busca a solução em tantas coisas sem sentido, saciaria sua alma. Te daria liberdade. Felicidade. Suficiência.

Jesus é a fonte da felicidade e da suficiência eterna. E neste dia marcou contigo um encontro em frente a este poço - a internet. Você busca saciar sua sede de satisfação em sites pornográficos, em sites de piada, em bate-papo virtual, nas redes sociais... nada disso pode preencher o vazio que apenas Cristo é suficiente em preencher.

Por que não entregar sua vida em espírito e em verdade como fez a mulher samaritana, e deixar de satisfazer sua alma temporariamente com aquilo que é passageiro e não pode transformar sua realidade? Jesus é a solução para a sua vida! Ele deseja mudar totalmente sua realidade e trazer a você a felicidade que o mundo falsamente diz poder dar. Somente Jesus tem as palavras de vida eterna!

Que tal aceitar a Cristo como seu salvador?

Se sim, oremos?

Senhor, perante a tua presença entrego a minha vida nas tuas mãos. Reconheço que sem ti nada sou. Por favor, apague os meus pecados e escreva meu nome no livro da vida, reconheço que tu és a fonte de satisfação e felicidade, a ti entrego a minha vida neste dia. Em no nome de Jesus, amém!


Visite uma igreja evangélica mais próximo de sua residência. Deus te abençoe!


Por: Dc.Roque de Souza Braga
Servo do Senhor, pregador do evangelho e Bacharelando em Teologia. Quer entrar em contato? Envie-nos um e-mail pelo ministeriointernetevida@gmail.com; que Deus o abençoe!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Fim de estrada - a vida acabou? Ainda não!

Há solução!
 Momentos de nossa vida em que tudo acabou - ao menos aparentemente. E você pode resmungar consigo - "ele escreve isto porque não está passando pelo que passo, um fim de estrada". Então incentivo ao caro leitor a permanecer e findar a leitura, porque temos muito em comum - uma situação. Momento em que pensamos abandonar tudo, porque a placa de "fim de estrada" chegou. Momento em que somos forçados a tomar decisões que nos incentivam ao desespero. Situações que nos sentimos um lixo, um resto, um nada. Que no alto de nossa humilhação, desespero, miséria extrema, perguntamos a Deus o porquê de tudo isto. E o culpamos. Culpamos a Deus e no exercício de nossa transferência de responsabilidades, em nosso processo de autopiedade no subterfúgio de ausentarmos a responsabilidade por nossos atos, encontramos aparente alívio em nossa revolta. Como se fosse resolver nossas tramas. Há em você mais que o lamento, a revolta e a tristeza - há uma insatisfação insaciável, algo que não consegues conter...


Mesmo que não pareça, há solução!
Caro leitor, confesso que passei por situações em que me senti um lixo. Com um emprego razoável, noivo e com planos, vi tudo esvair no ano de 2011 - ano que pensei ser o pior de minha vida. E posso assegurar, neste tempo me revoltei contra Deus de forma intensa. Magoado e triste, questionando o porquê de tudo aquilo acontecer comigo, não vislumbrava saída aparente. Neste tempo enxerguei o fim de minha estrada. E pedi mesmo a Deus que finalizasse minha carreira terrena.





A caminhada na estrada...
Quando enxergamos o fim da estrada, não conseguimos observar a perspectiva com otimismo. A vida passa a ser uma aventura às cegas, a tristeza toma conta. Pensamos não haver mais jeito para nossas vidas, não entendemos que a vida possui suas metamorfoses.  E nestas situações estamos mais próximos de Deus. Enxergamos nossa total dependência de seu amor, de sua vontade. Como a borboleta em seu estado de crisálida, daí a raiz etimológica da palavra crise, estás vulnerável, sem chances de defender-se desta dificuldade em que estás envolvido.

Caro amigo, inevitavelmente há apenas uma saída - Jesus Cristo. O homem busca através de seu autoconhecimento, de sua vontade de estar sempre a vanguarda da ciência, das situações diversas e adversas que venham a causar-lhe desconforto perante a morte, a perda, ao abandono, sanar suas debilidades longe de Deus. É um erro considerar que esta possibilidade seja possível, pois como está escrito na Bíblia Sagrada, em João 15 que "sem mim nada podereis fazer". Isto significa a total dependência do homem para com Deus, inda que não queira aceitar. O sucesso do homem depende da permissão de Deus para tal. A sua vontade em nossas vidas é geral e seu cuidado é eterno. Creia que se lês este texto agora, o fazes porque estás precisante desta mensagem e teu ser clama, teu íntimo urge por solução E te apresento Jesus Cristo.

...nos apresenta a crise mais adiante...
Cristo não é um mero sentimento religioso. Cristo é a verdade e a vida. Através de seu sacrifício na cruz do calvário, alcançamos a vida que tanto necessitamos, alcançamos a graça eterna. Antes vagávamos em nossos erros, mas encontramos em um determinado momento e situação de nossas vidas, um fim de estrada. Um momento intrigante em que entendemos não possuir chances possíveis, quer por nossos méritos, quer por possibilidades, vencermos e debelarmos a crise. Então clamamos a Deus por solução, pedimos que nos ajudasse. E Deus nos apresentou a cruz, e neste momento a fitá-la em nossa estrada, enxergamos a continuidade da nossa estrada a partir do passaporte para o céu - Cristo Jesus, seu filho. E entendemos que a vida é mais que uma situação. É mais que um emprego perdido, um relacionamento destruído. Ter vida é ter Jesus, porquanto somente em seu nome encontramos a salvação de nossas almas, e o perdão para nossos pecados.

Você tem pensado em suicídio, em dar um ponto final. Pois é. Te apresento mais dois pontos na sequência do ponto final que colocaram em sua situação - Jesus Cristo. Agora tens reticências. Significa que sua vida não acabou, que as aparentes desgraças podem facilmente tornar-se sorte, pois Cristo mudou em Caná da Galiléia a água em vinho, não o poderia fazer de sua vida - este deserto abundante de fel em um paraíso mais doce que o mel?

... porém Cristo transforma as situações!
É importante salientar que temos dificuldades, estamos no mundo. Mas tem um detalhe que faz a diferença - temos Cristo, não ligamos para óbitos, débitos, demissão. Do óbito Cristo ressuscita a esperança, dos débitos uma situação para mostrar sua glória, da demissão a certeza - o melhor está por vir. Temos esperança em nossa vida. Igualmente um relacionamento. Você pode perder tudo, menos a convicção que o amor de Deus é incondicional em sua vida, esta força o fará prosseguir e debelar os problemas - que viver fugindo.entender que é findo o tempo de rastejar pelo chão. Que há esperança; que Deus deseja que os que Nele confiam possam alcançar com a beleza da borboleta no fim de seu tempo de tristeza, solidão, mudança interna, o conjunto de qualidades que tal asas adquiridas com as mudanças (desagradáveis) possa fazê-las alçar voo para além do que aparentemente pode ver. E já no ar, contemplar que a placa de "fim de estrada" era apenas uma barreira irrisória, face o que Deus pode fazer quando entregamos nossas vidas a Ele.


O que impedes de entregar tua vida a Ele? Podes fazê-lo neste exato momento. Não é necessário uma circunstância religiosa. Podes repetir comigo esta oração - e Deus mudará sua vida hoje!

E Disse Jesus - " Eu sou o caminho, a verdade e a vida,
ninguém vem ao Pai senão por mim"!

" Senhor Jesus, neste momento te agradeço pela oportunidade que me concedes de alcançá-lo mediante o teu sacrifício na cruz do calvário... perdoe meus pecados, renovando a aliança perdida no Éden, preencha a minha vida com teu amor e tua luz, te entrego a minha vida e te aceito como único e suficiente salvador de minha alma. Amém".


Jesus te estende as mãos neste momento. Dirija-se a igreja evangélica mais próxima de sua residência.


Jesus te ama e sua vida mudará. Creia! Sua vida tem solução, basta entregar sua vida a Jesus!



domingo, 17 de junho de 2012

Antes de pôr um fim, saiba - Deus tem um plano!

Um clássico de Vitorino Silva, a canção "Deus tem um plano" demonstra a partir de uma pintura da alma o planejamento de Deus para a vida dos que nele creem. Em um mundo conturbado, sem esperança onde o senso comum congrega as qualidades que poderia citar afim de restaurar seu cansaço, trago-vos boas novas de esperança e alegria - Jesus tem um plano em sua vida!

O plano na vida de cada ser a priori é a salvação, adquirida enquanto pela fé exerço meu direito de obtê-la, mediante minha entrega a Jesus Cristo. Longe da religiosidade barata, o que entrego aqui é saudável e perfeito, porquanto em nenhum outro há salvação. Respeito o contexto religioso das demais pessoas e caso estejam felizes em suas experiências com seus entes sagrados, compreendam aqui não forçar a convertê-los com esta proposta. Não é por força nem por violência e sim pelo Espírito de Deus que o homem é convencido do pecado e do juízo. Ainda assim caro, vale a experiência.

"Se pois o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres"

O homem contemporâneo está cansado das vãs esperanças. Lembro quando Barack Obama prometeu fechar Guantánamo, ressurgir a economia combalida, trazer paz entre as nações entre tantas outras promessas. Não cumpriu nenhuma delas, apoia o aborto - ou seja, a vitimização de centenas de inocentes, entre outras ocorrências que o colocam na colocação de aprovação na europa na casa dos 26% de aprovação. O marketing incide que compres a felicidade, de forma que até alguns contextos religiosos exploram com fervor que você adquira a tão sonhada satisfação da alma aplicando alguns dinheiros em determinadas campanhas com fins de adquirir o que Jesus te dá gratuitamente. Não é pelo mérito que o homem é salvo, nem pelo pagamento das indulgências - no que o homem natural jamais compreende poder receber algo maravilhoso de forma gratuita em um discurso capitalista para a aquisição do desejo.


O Jugo do Senhor é leve
Longe de ser algo exclusivo para um clube seleto de afortunados vazios de alegria e felicidade, Jesus disse " Vinde após mim os cansados e sobrecarregados e vos aliviarei". A sobrecarga advém da ansiedade, de um mundo imerso em um discurso vazio, de promessas não cumpridas. O plano de Deus não teve uma ideologia política (para frustração dos que liam o messianismo no livro de Isaías na Bíblia) mas no resgate do pecador e o exercício do plano de salvação. E esta vai além da prosperidade terrena. Abriga a tranquilidade, a quietitude e a satisfação. A paz real somente pode ser encontrada quando o ser descansa em Deus!


Por que não fazes uma experiência hoje e permites a Deus entrar em seu coração e mostrar para você o sentido do existir? Jesus não faz acepção de pessoas. Lembre que enquanto seus pecados o querem condená-lo, subjugando-no a condição de "perdido e sempre" por conta das suas atitudes, Jesus estende suas mãos de amor e mostra um caminho - em que suas mãos transparecem além da dor, o carinho por sua vida, resgatando sua alma através de um alto preço. Sim, Jesus nos ama... um amor incondicional. Em Isaías 1:18 está escrito "ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão alvos como a neve, ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã.” Demonstra que o perdão de Deus está sempre a disposição, bastando tão somente o homem reconhecer sua condição de pecador, perdido e privado da condição de salvo por meio da fé enquanto não arrepender-se dos seus pecados.



O plano de Deus para a vida do homem é de salvação. O homem rejeita a Deus por conta de seu pecado, que uma vez fazendo-o transgressor, retira do mesmo a condição de filho de Deus por adoção, subjugando-o a condição de escravo do pecado, em que os prazeres mundanos perfeitamente vazios parecem supri-lo em um primeiro momento, para trazer desespero e tristeza logo após. Mas posso confessar-vos sem restrições o quanto sou feliz - Jesus me salvou não apenas do tormento eterno, mas da tristeza e da angústia que são distribuídas gratuitamente através de uma alegria enganosa e passageira. 

Que tal fazer uma experiência e entregar a sua vida a Jesus hoje mesmo? Você pode fazê-lo, e agora através desta simples oração:

"Senhor Jesus, cansado de um mundo de sofrimentos e ilusões, te entrego a minha vida neste instante. Pela misericórdia de seu filho na cruz, peço que perdoe meus pecados. Jesus eu sei que seu amor por mim é incondicional, que tens um plano em minha vida... te entrego meu viver para a sua vontade, traga-me o gozo da salvação em no nome de Jesus. Amém.

Visite-nos em uma igreja evangélica e venha fazer parte dos vitoriosos em Jesus Cristo! Deus te abençoe!